Doce disputa

Beijo o canto da tua boca.
De um lado
Do outro
A boca seca
Anseia invadir a tua
Lábios entreabertos
Línguas
Travando uma briga por espaço.
Minha língua passeia por teu lábio
Vc não se faz de rogada e me morde
Te olho de forma intensa
E me agarro a tua nuca
Te trago pra mais perto
Fundição de boca
Língua
Mãos que ganham vida propria
Ofegantes
Nos separamos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s